Por que o Google privilegia empresas que geram conteúdo

É muito comum ouvirmos alguém reclamar que seu site não aparece de jeito nenhum no Google. Certamente esse é o caso de milhares de empresas. Claro que uma força dessa gigante da tecnologia pode ser de grande ajuda para companhias de pequeno e médio porte. Mas, como diria o Major Rocha no primeiro Tropa de Elite, “quem quer rir tem que fazer rir”. No caso do Google, o “fazer rir” se dá de duas formas: com investimento em anúncios no buscador e/ou com a criação de conteúdo. Mas o foco do artigo de hoje está nessa segunda forma, pois muitos empreendedores têm levantado dúvidas sobre conteúdo. Afinal de contas, por que a sua empresa não aparece bem no Google e as empresas que geram conteúdo estão lá no topo das buscas?

Repare que essa é uma daquelas perguntas que já entregam a resposta. Empresas que geram conteúdo de fato são privilegiadas pelo Google e não há segredo nada de errado nisso. Claro que a opção do Google tem uma razão estratégica bem definida, pois a gigante do Vale do Silício tira proveito do bom conteúdo gerado pelas empresas.

Uma dinâmica que funciona

Devemos ter em mente que, por mais poderosa que seja, a Google Inc. tem de se manter interessante para não sucumbir diante das rivais. Como se trata de um buscador e não de um portal, depende diretamente da ação de outras empresas para entregar conteúdos relevantes às pessoas.

Quase todo mundo recorre ao Google em busca de respostas. Já pensou no que aconteceria se esse oráculo digital não tivesse uma boa resposta para a sua pergunta? Talvez você pensasse duas vezes antes de perguntar para o Google em outra oportunidade.

Cria-se, assim, uma relação de interdependência entre o Google e as empresas mais bem ranqueadas. A gigante das buscas absorve de forma gratuita os conteúdos gerados pelas empresas, que, por sua vez, levam uma incrível vantagem competitiva de estar nas primeiras páginas do site mais acessado do mundo. A terceira parte beneficiada é o usuário, que tem acesso a conteúdo relevante em questão de milésimos de segundo.

Essa dinâmica descrita acima é similar ao que acontece no Facebook. A principal rede social do mundo tem se esforçado para adequar seu conteúdo à vontade de cada usuário. Por isso, determinadas fanpages podem ser privilegiadas no feed de notícias. A diferença é que no Facebook o crescimento orgânico (sem investimento em mídia) tem uma limitação maior em comparação com o Google.

Empresas que geram conteúdo podem mais

Ainda não está convencido de que uma estratégia de conteúdo pode beneficiar a sua empresa? Talvez seja hora de entender melhor a relação custo-benefício e os frutos que o conteúdo pode render.

Essa estratégia responde a uma demanda da própria sociedade. Os consumidores se tornam mais exigentes a cada dia e só aceitam se relacionar com empresas que lhes oferecem algo em troca. Investir na geração de conteúdo é o primeiro passo rumo a uma posição de destaque no Google, além de estabelecer uma relação de confiança com novos clientes. Conheça os planos da Max Content e dê o start na sua estratégia de conteúdo. Empresas que geram conteúdo podem mais!

Baixe o PDF com conteúdo sobre as Vantagens do Inbound Marketing 

 

2018-02-07T17:14:52+00:0011/01/2018|